terça-feira, 4 de dezembro de 2018

O dever de educar-se

O título dessa postagem, faz referência à palestra ministrada pelo professor Rafael Falcón em 29/11/2017, em Campina Grande-PR, a qual compartilho o link do vídeo logo abaixo. Recomendo que veja o vídeo antes de concluir a leitura desta postagem:

Clique aqui para ser direcionado ao vídeo no Youtube.
----

O vídeo é um pouco longo, mas vale cada segundo investido da nossa atenção, pois o problema é grave! Muitas vezes pensamos assim: "não há nada de errado com a minha educação. Penso que sei escrever bem, que sei interpretar textos e resolver cálculos, está tudo bem!". Não! Não está tudo bem! O que a grande maioria considera uma "boa educação", não é nem o mínimo do que necessitamos para uma vida em sociedade(assista o vídeo para saber mais). Quando uma pessoa se considera alfabetizada, ela deveria ser capaz de ler QUALQUER COISA no seu idioma. E se você continua achando que o que digo não tem nada de espantoso, eu lhe pergunto: você é capaz de ler, entender e formar uma opinião a respeito de livros de autores, como: Luís de Camões, Dante Alighieri, Louis Lavelle, nesse nível de escritores? Se a resposta for não, posso dizer que estamos na mesma situação!
Uma pessoa alfabetizada, educada, que passa vários anos de sua vida dentro de uma escola, onde espera-se sair de lá com uma boa formação intelectual, deveria ser capaz de ler qualquer coisa, qualquer livro, qualquer artigo científico, e a realidade é algo muito, muito distante disso. Para mim, a escola já não é mais sinônimo de aprendizado, e a educação domiciliar tem se mostrado a única alternativa de alfabetizar e educar meus filhos, mas, antes disso, preciso me educar e estudar muito pra recuperar todo o tempo perdido na escola(em termos de ensino).
O primeiro passo para quem está na mesma situação que eu, precisamos estar cientes da situação, aceitar a nossa falta de educação, instrução, o nosso baixíssimo nível intelectual, pois sem essa aceitação, nada se pode fazer.
Não faz muito tempo que conheci o termo "analfabetismo funcional", que é quando uma pessoa sabe ler, ou melhor, sabe juntar letras, mas não entende o que lê(pensa que entende, mas não entende de fato). O pior, foi quando me dei conta de que faço parte desse grupo de pessoas. Sim, dói. Revolta saber que foram muitos anos na escola jogados fora, pois esse tipo de educação que recebemos lá, poderíamos ter recebido em 1 ano, ou até menos do que isso, fazendo um cursinho qualquer, com um professor particular, ou qualquer coisa do tipo. Mas, ficar se lamentando não vai mudar a situação.
Ok, tomamos consciência que somos analfabetos funcionais, de que estamos muito longe de possuir uma educação de qualidade, então, por onde podemos começar? Vá atrás de boas fontes, leia, estude, pesquise, pois nada está perdido quando agimos para mudar o que precisa ser mudado, quando assumimos a responsabilidade das coisas, em vez de só reclamar ou querer transferir para terceiros(governo, culpar nossos pais, etc) a responsabilidade da nossa própria educação. O tempo perdido não volta mais, então que comecemos a agir para mudar a nossa realidade hoje, agora, já! Assumindo essa responsabilidade, buscando uma educação de verdade, podemos mudar a realidade dos nossos filhos, cônjuges, pois como diz o meu querido professor Rafael Falcón,: "pessoas educam pessoas", e vamos passando esse conhecimento adiante.

Compartilho abaixo alguns links de vídeos e artigos interessantes para quem tiver interesse em mudar a sua própria realidade e buscar uma educação intelectual de verdade, principalmente quem pensa em praticar o homescholling com seus filhos, pois já que vamos ensinar, que façamos o nosso melhor, primeiramente por nós mesmos, para sermos capazes de transmitir essa educação que julgamos a melhor, pois todos nós, pais, queremos o que há de melhor para nossos filhos, não é mesmo?
Espero que esses vídeos sejam úteis, que mostrem que existe sim "uma luz no fim do túnel" na educação do Brasil, mas ela não está nas escolas(pelo menos não no atual momento), portanto, vamos estudar por nós mesmos, pois a mudança começa com cada um de nós.
{E se você tiver algum link para compartilhar, por favor, deixe nos comentários.}
Grata pela atenção até aqui, e bons estudos para todos nós. Deus nos abençoe.

--------


--------


--------
--------
(o áudio do vídeo estava com problemas no início, mas foi solucionado a partir de 9:03min)